Quer curtir o Carnaval com sustentabilidade? Se liga nessas dicas

O ponto principal desse post é te ajudar a curtir o Carnaval de uma forma sustentável, sem gerar lixo ou desperdício.

O ponto principal desse post é te ajudar a curtir o Carnaval de uma forma sustentável, sem gerar lixo ou desperdício.

Carnaval tá logo aí e ainda dá tempo de preparar a fantasia. Como uma apaixonada por bloco e glitter, o Lucca me convidou pra reunir algumas dicas de onde encontrar o acessório e a make perfeita pra pular por aí.

Para facilitar, há alguns anos algumas marcas ficaram mais atentas ao impacto ambiental que podem causar. Hoje é possível encontrar opções de reaproveitamento de materiais e produtos que são biodegradáveis – vale lembrar que o glitter tradicional é feito de plástico e, se não retirado corretamente, vai parar no mar após o banho.

Mas antes de tudo, afinal a preocupação com a sustentabilidade não deve estar apenas na escolha da fantasia, deixo como sugestão a leitura do texto da Cristal Muniz, fada do Um Ano Sem Lixo, que inclui dicas como levar o próprio copo para a festa e evitar o uso de plástico e vidro. Repensar os hábitos além do Carnaval faz a diferença. Siga as dicas para vida!

Bom, vamos às minhas sugestões.

MAKE BIODEGRADÁVEL

Hoje há opções bem legais de maquiagem que tentam não agredir o meio ambiente. Exemplo disso é a Sathya (@sathya.co), de Floripa, que criou a barrinha iluminadora vegana Shine Bar, feita de manteiga de cacau, manteiga de cupuaçu, cera de carnaúba e mica. Ela substitui o glitter e deixa um efeito bem bonito na pele. Tem quatro opções de cores e o melhor é que você pode usar até depois do Carnaval.

Outra sugestão são as makes da Simple Organic Beauty (@simpleorganic), também de Floripa. Descrita como sem gênero, orgânica, vegana e natural, a marca tem pigmentos em pó multifuncionais. Pode misturar com prime e fazer sombra, usar como batom, como blush e da forma que você quiser. Há várias opções de cores.

Tá, mas e glitter? Tenho sugestões, sim! A marca Pura Bioglitter (@purabioglitter) é uma delas. Eles entregam para todo o Brasil e se afirmam com a primeira a produzir o brilho feito de algas. O efeito é igual ao tradicional e tem muitas cores e formatos.

Minha última sugestão é uma pochete ou bolsa feita com malha reaproveitada. A La Petit Baleine (@lapetitebaleine.br), de Floripa, produz peças sob encomenda. Não tem foto no perfil, mas sei que já rolou a produção de uma pochete de melancia (que eu amei). Aposte na criatividade e no talento da artesã.

A Contém Glitter (@contemglitter) tem uma Linha Biodegradável. São 17 cores e o glitter é produzido com mandioca e celulose. Ele desaparece na água, sem poluir. A marca também entrega para todo o país.

LOOK SUSTENTÁVEL

Primeiro, vamos combinar: Não precisa muito para montar um look de Carnaval. Uma ideia boa e uma roupa confortável e fresca bastam, mas se você, como eu, ama uma tiara e um acessório, eu tenho algumas dicas.

Antes de sair comprando mil coisas que você vai usar uma vez, pense bem. Não se deixe levar pelo impulso de uma bela tiara com um meme (que você vai perder um bom tempo explicando para as pessoas) ou uma peça datada que vai mofar no armário. Eu sempre invisto em acessórios que gosto, atemporais, com preço justo e de qualidade. Mas, se você nunca pulou Carnaval ou quer quer divar no bloco com um look novo, primeiro, indico que você pergunte para pessoas próximas se elas têm alguma fantasia para emprestar. Depois, dê uma olhada nessa pesquisa do Enjoei e no site Elo7. Opte por comprar de micro e pequenas empresas ou dê prioridade à segunda mão (visite brechós da sua cidade ou na internet sem medo de ser feliz). Ao comprar de quem faz, você estará gerando um impacto positivo e promovendo a sustentabilidade.

Aqui em Floripa, eu comprava peças com a Flambô Tiaras, que este ano não produzirá peças, infelizmente. Mas elas prometem voltar nos próximos com materiais mais sustentáveis. Com essa notícia triste, encontrei outra marca linda indicada pela Yasmine Holanda Fiorini (que ama Carnaval tanto quanto eu): a Podre de Chic (@podrechic), do Rio de Janeiro com entrega para todo o Brasil. O acabamento dos acessórios, além da beleza deles, foi o que mais me chamou a atenção. Comprei uma presilha, que achei bastante versátil e tenho certeza que usarei muito mais vezes, e um brinco em uma cor que combinará com diferentes tipos de roupas.

Outra ideia, é investir em acessórios que durarão além do Carnaval. Um exemplo são os produtos ecológicos da Reinvent (@reinvent), de Palhoça. A marca reaproveita resíduos têxteis para fazer cordões coloridos. Lembra da dica de levar seu copo? Então, coloca um cordão bonito nele que faz a diferença no look.

Colaboração Carol Passos (Jornalista, feminista e bordadeira)

Comentários