DIÁRIO DE BORDO: CAPÍTULO CINCO – MINHA HISTÓRIA COM A REVISTA VERSAR

No dia 26 junho de 2017 recebi uma mensagem no meu facebook do jornalista Cristiano Santos pedindo se poderia me ligar. Prontamente passei meu contato e fiquei esperando. Cristiano me explicou que o então grupo RBS, que em agosto daquele ano, após votação do público, passou a se chamar NSC Comunicação, iria lançar um novo projeto na praça. Tratava-se de uma revista impressa que teria como missão abordar o cotidiano e estilo de vida dos catarinenses de forma leve e sempre alegre.  Foi quando ele soltou:
 “Lucca, você teria interesse em participar com uma coluna de moda? Não precisa responder agora, pode pensar com calma”.
Foi praticamente uma música do Roberto Carlos – o importante é que emoções eu vivi – não conseguia pensar em mais nada e apenas saiu um animado SIM! Mas até o lançamento eu não poderia contar para ninguém que estava acontecendo. Imagina. Você está entrando em um projeto da maior empresa de comunicação de Santa Catarina e não poderia contar para ninguém. Foi o segredo mais bem guardado até setembro daquele ano, quando a primeira edição foi publicada no dia 2, um sábado. Como minha coluna seria quinzenal, ela entrou apenas na revista no segundo final de semana. 

VT de apresentação da Revista Versar, ano 2017.

EMOÇÕES EU VIVI
Olhando para esse um ano de Revista Versar vejo que o produto amadureceu, a minha coluna também. Hoje sinto a necessidade de criar um legado com o produto, principalmente de valorizar nossas marcas e produção autoral. 
Durante esse processo já tivemos duas capas especiais – produzidas por mim em parceria com uma equipe sempre disposta à desafios – além de uma série de eventos que estão programadas para celebrar esse primeiro ano da publicação.
AS CAPAS
Ao longo da minha carreira já colaborei com alguns projetos muito bacanas, como a Nanu!, revista produzida em Blumenau com foco em moda, além de dois guias de eventos no Rio de Janeiro e até mesmo jurado da revista Época – edição especial Rio de Janeiro – também estive envolvido. Mas faltava uma coisa: assinar uma capa.
Com a Versar devidamente andando sozinha tive a brilhante ideia de oferecer para a equipe – vamos produzir uma capa de inverno? Ana Paula Bittencourt, editora da publicação, aceitou na hora. Reuni uma produção praticamente em cima da hora. Eram dois fotógrafos, um stylist e seu assistente, maquiadora, dois modelos e demos a cara a tapa. 
A PRIMEIRA VEZ NINGUÉM ESQUECE
A capa abordou as tendências de inverno de 2018. Revista nas ruas era hora de imaginar – que tal mais uma? Sim, ela saiu em junho do mesmo ano com um especial sobre a Copa do Mundo. A mesma equipe, da noite para o dia, realizou um trabalho lindo, alegre e colorido. Tenho muito orgulho.
E OS PRÓXIMOS CAPÍTULOS?
Hoje, 24 de agosto de 2018, estamos próximos a celebração de um ano desse projeto incrível que já somam 26 colunas minhas, que tentei trazer o meu melhor. Com certeza teremos muitos caminhos para trilhar e a cada oportunidade que essa plataforma me oferece, agarro e enfrento. 
Só posso agradecer aos editores, jornalistas, equipe f* que ajudou nos editoriais, e quem direta ou indiretamente está envolvido na Revista Versar. E um obrigado muito especial aos leitores, seja da versão impressa ou online – você (mesmo não os conhecendo) são a motivação de escrever cada uma das colunas.
MUITO OBRIGADO POR ESSE PRIMEIRO ANO!

Comentários